TROIA GAS
Tel.21.3148-8849/WhatsApp.21.99188.5839

Peças

Misturador Correto

Escrito por Gilson Maia

Misturadores de Alumínio Qual o Misturador Correto?

Resumindo: Os que causam a menor perda de passagem de ar. Mas o Brasil que ainda usa 3ª geração, só sobrou os misturadores de maior perda de potência.

Nos veículos injeção devem ter melhor distribuição e ângulos de entrada e saída. E nos veículos carburados, o melhor é furar o corpo do carburador e rosquear 1 ou 2 bicos chamados injetores, geralmente de 10 ou 12 mm.

Atualmente recomendamos à todos os veículos de injeção eletrônica não direta que rodem mais de 1.500Km/mês que instalem kits de 5ª geração das principais marcas Italianas que tenham representação, peças e suporte no Brasil como a Emer(TURY), Landi Renzo, BRC e a excepcional STAG da Polônia.

Por ser o local da maior perda de potência, e onde se mistura o gás com o ar, tanto no sistema GNV, como no Hidrogênio, que adotam o mesmo princípio até a 4ª geração. Escolhendo melhor, um que tenha maior passagem e de forma mais eficaz devido ao ângulo de entrada e saída, você ganhará em eficiência, desempenho e consumo. Colocando-o na posição mais próxima do corpo de borboleta(TBI) e com a regulagem o mais próximo dele terá mais eficácia tanto para regulagem como em respostas para cada tipo de motor.

Consulte a tabela de veículos e locais de instalação. O melhor na maioria dos casos para a posição 2 (Dentro da Mangueira de Ar) é o modelo descrito na relação do artigo Qual o Melhor Misturador? Que já está à venda na loja.

O pedido deste Misturador para melhorar o desempenho do veículo no GNV, como é sob encomenda deve ser pelo Formulário de Contato.

Misturado para Mangueira

Veja qual misturador e onde colocar no veículo.

As outras opções de bons misturadores aqui no Brasil, são os da foto do início do artigo, que também incluem os que são aplicáveis na mangueira já relacionados no artigo do Melhor Misturador.

Os misturadores que não são da posição 2 (na mangueira) ainda podem ser adquiridos em nossa loja. Os modelos que eram a 2ª opção de qualidade pararam de ser fabricados pela falta de procura. Os códigos dos modelos e os valores, que variavam em geral de R$130,00 até R$350,00, lembrando que incluía o bico a fixação e a vedação quando necessários. A exceção são os para DODGE RAM, DAKOTA, JEEP GRAN CHEROKEE a partir de 1996 que custam mais de R$1.000,00. Recomendamos para estes carros que mudem para o kit de 5ª geração que economiza muito mais gás e não perde tanto rendimento.

Além dos fabricantes de qualidade não desenvolverem mais misturadores, os veículos mais novos, como quase todos são com coletores de plástico, tem se recomendado a utilização do kit de 5ª geração conforme o artigo Qual kit devo instalar no meu carro?

0
0
0
s2smodern
powered by social2s